Baixada Santista

O próximo show foi em Santos. Depois de um mês de inatividade, ensaiaram um dia antes. Ensaio curto para trabalhar uma música nova (Wish You Go Away) e um cover (Let´s Lynch The Landlord). Aproveitaram o esquema barato da van e pegaram a estrada se nutrindo de conhaque e cigarro de cravo. Tocaram num teatro (sem palco, com arquibancada lateral) com o Primal Therapy. Na platéia, amigos ilustres como Boka e Marcelo Fusco.

Pinheads Primal_Therapy

O mês de férias e os abusos etílicos durante a desgastante viagem não fizeram bem ao trio. Velocidade era uma das qualidades da banda e, neste show, não estavam em forma. Baquetas escapavam das mãos de Dude várias vezes, e Boka (baterista dos Ratos de Porão), posteriormente, alertou que baterista de hardcore não podia perder a forma nunca. Também comentou que já tinha assistido o PINHEADS tocar muito melhor do que naquela noite. A música nova e o cover dos Dead Kennedys não estavam muito afiados e o show realmente não foi dos melhores!

Os PINHEADS compensavam suas limitações técnicas com velocidade e movimento. O frenesi do público também era um trunfo. Neste show em Santos, a banda estava debilitada e o público estava lá mais para conferir do que para agitar.

Pinheads em Santos, 1995

Pinheads em Santos, 1995

Mas todo show tinha seu lado positivo. Marcelo Viegas, editor da CemporcentoSKATE Magazine, relata:

O único e memorável show do Pinheads que eu assisti foi aquele de Santos, com o Primal Therapy, dentro do Projeto Arena do Rock. Lembro a data: 05 de agosto de 1995. Não que minha memória seja exemplar, é que escrevi sobre esse show para o meu extinto fanzine, The Answer.

Eu já tinha a demo ‘Hand in Head’ e estava ansioso para conferir ao vivo aquelas pauladas melódicas. Fui pra Santos com o Fernando e o Mutz, do Cold Beans, no Chevette verde metálico do Mutz. Como o intercâmbio de bandas não era muito comum naquele tempo, lembro que uma galera de SP se locomoveu pra Santos. Basicamente as pessoas que tinham bandas, como IML, Lack of Reason, Hatred, Nitrominds e tinha até alguém do Barneys.

Isso sem contar a galera das bandas locais: Popping Tits, White Frogs, etc… Aquele show tornou-se um evento de confraternização e troca de idéias, entre pessoas que se comunicavam basicamente por cartas. Afinal, era uma época pré-Internet. O Primal Therapy abriu a noite e fez um ótimo show, como já era esperado.

E então veio o Pinheads, com uma apresentação que fez jus a fama do power trio curitibano, considerado na época uma das melhores bandas de hardcore melódico do Brasil. Júlio, Dudu e Paulo estavam entrosados e empolgados, tocando de maneira firme e conquistando o público presente. Tocaram várias músicas da demo, como “Friendly Song” e “Somebody Help Me”, mas a minha favorita ficou de fora (“It´s in your Hands”), o que me deixou levemente decepcionado…

Quer dizer, eu acho que devo ter ficado um pouco decepcionado, mas não foi nada significativo, pois o show foi bom no geral. Teve até um cover do DK no setlist. Voltamos pra SP felizes e ainda mais fãs da banda. Tínhamos visto o show de uma banda no auge da forma, se bem que é estranho dizer isso de uma banda que teve uma trajetória tão curta. Hoje sou amigo do Dudu, e ainda tenho minha fita demo, os zines nos quais escrevi sobre a banda e a lembrança de uma noite juvenil, quente e memorável na baixada santista.”

3 Comentários

Arquivado em 1995

3 Respostas para “Baixada Santista

  1. Fico feliz e orgulhoso de ter dado minha contribuição nesse projeto tão bacana e importante. Valeu Dude, is we!

  2. Paulo Kotze

    Porra, esse show em Santos deve ter sido um dos mais caídos dos últimos anos da banda. Estávamos de férias e totalmente APERITIVADOS, bebemos uns 2 dias sem parar antes desse show. O Boka tinha razão quando nos viu meio caídos nesse show… E na volta, o cara da Van queria dormir e eu não deixei, vim gralhando na cabeça do cara até Curitiba… Bizarro… Bate e volta em Santos…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s